Notícias

ATENÇÃO: FALTAM 10 DIAS PARA O FIM DO CENSO DOS SERVIDORES DO PODER JUDICIÁRIO DO CNJ. CONTRIBUA E PARTICIPE!

Os servidores do Poder Judiciário têm apenas 10 dias para poder opinar sobre o seu trabalho e contribuir com a melhoria da prestação jurisdicional no País. A partir do dia 10 de outubro, o Censo Nacional do Poder Judiciário, elaborado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), não estará mais disponível no Portal do CNJ. A pesquisa, que visa conhecer o perfil dos funcionários do Judiciário, garante privacidade de dados e avaliações. 

Até o início da tarde desta terça-feira (1º/10), dos mais de 280 mil servidores da Justiça, 140,9 mil (quase 50%) preencheram o questionário, composto de 39 perguntas que, entre outras coisas, servirá para medir o grau de envolvimento dos servidores com suas atividades, nível de satisfação com as funções e com o tribunal onde trabalha, passando por pontos menos subjetivos, como média de horas trabalhadas no dia, nível de escolaridade e estado civil.

Para estimular os que ainda não participaram, os tribunais vêm criando ações que mobilizam positivamente seus servidores. O Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT1), por exemplo, conseguiu forte adesão com ações de comunicação na intranet e em seu portal na internet, além de intenso trabalho de convencimento pessoal. 

Segundo a diretora da Secretaria de Gestão de Pessoas do TRT1, Sônia Regina de Freitas Andrade, o diferencial ocorreu quando o presidente da comissão censitária encaminhou ofício para todos os gestores, diretores e coordenadores de unidades, varas, comarcas e divisões com a responsabilidade de cobrar de cada servidor posicionamento sobre a pesquisa.

Forte adesão – O resultado desse maior controle no preenchimento do censo foi surpreendente. O TRT da 1ª Região deve fechar o Censo com um dos índices mais altos de adesão – atualmente, 80% dos servidores já manifestaram suas opiniões em relação ao trabalho. 

Para evitar que seus servidores deixem para a última hora e não consigam opinar, alguns tribunais elaboram ações intensivas para chamar a atenção dos que ainda não se organizaram para responder às questões formuladas pelo CNJ. O Judiciário da Paraíba, por exemplo, lançou a chamada “Pausa de 5 Minutos” para lembrar que o preenchimento das 39 perguntas toma apenas 5 minutos do tempo do servidor. Com isso, o Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba (TJPB) chegou a 52% de respostas. Já o Superior Tribunal Militar (STM) conseguiu, com o chamado Dia D, a adesão de mais de 62% de seus servidores.

Este é o primeiro censo focado no Poder Judiciário brasileiro. O questionário está sendo aplicado em todas as unidades judiciárias brasileiras – nos 91 tribunais e nos três conselhos – por meio eletrônico.
 
Acesse o link. Siga as instruções e preencha o questionário.
 

  

Comentários

Enviar comentário

Nome

E-mail

Comentário

Código de segurança

•  Leia outras notícias
Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Acre
Rodovia AC-10, KM 01 - Bairro Alto Alegre - Rio Branco / AC
Fone / FAX: (68) 3224-8842  /  sinspjac2@gmail.com