Notícias

ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINARIA (03/2014) DOS SERVIDORES DO PODER JUDICIARIO DO ESTADO DO ACRE - SINSPJAC

Aos onze dias do mês de fevereiro do ano de dois mil e treze, nesta cidade de Rio Branco-Acre, no auditório do Palácio da Justiça, onde presentes se encontravam os serventuários do Poder Judiciário do Estado do Acre, sob a presidência do representante do Sindicato Leuson Rangel de Souza Araújo, bem como o Diretor Financeiro Isaac Ronaltti Sarah da Costa, deu-se início às 13h a primeira chamada, e não havendo quorum suficiente, em segunda chamada, às 13h:15min, iniciaram-se os trabalhos com a seguinte pauta: 1 – Empréstimo de mobiliário do sindicato – o presidente do sindicato ponderou sobre cobrar aluguel das mesas das pessoas que não devolverem no prazo combinado, onde fora sugerido o valor de R$5,00(cinco) reais por jogo de mesa, que seria o valor cobrado no mercado, bem como aplicar uma suspensão ao sindicalizado pelo período de 06(seis) meses – por unanimidade a proposta foi aprovada pelos presentes. 2 – utilização da Sede – foi informado que nos finais de semana o sindicalizados não poderão reservar a sede no período diurno e que o horário para começar a organizar o evento nesses dias seria a partir das 17h:30min. Bem como o servidor somente poderá agendar um evento por mês, exceto se a data não estiver agendada por nenhum outro sindicalizado – por unanimidade a proposta foi aprovada pelos presentes. 3 – Endividamento dos servidores – foi informado pelo presidente que todos os serviços prestados pelo sindicato mediante convênios serão centralizados no Cartão Barriga Verde, exceto serviços de saúde – por unanimidade a proposta foi aceita pelos presentes. A servidora Jacqueline Saturnino de Souza Medeiros utilizou-se do expediente da pauta livre para lê um manifesto reclamando das atuais condições da sede social do SINSPJAC direcionado a diretoria, que dentre muitas reclamações destaca-se o problema com banheiros, alimentação e segurança. A servidora entregou o documento ao presidente do sindicato, que estudará os pontos apresentados e trará possíveis soluções e encaminhamentos em AGE posterior. A diretoria ofereceu prazo de 02(duas) semanas para os servidores sindicalizados lançarem propostas e sugestões sobre o funcionamento da sede social. Após deu-se seqüência a pauta. 4 – Auxílio Alimentação, foi repassado a categoria a proposta apresentada pela presidência do TJAC, que consiste em fornecer o auxílio alimentação a todos os servidores efetivos e ad nuntum no percentual de 5%(cinco por cento) sobre o salário base de cada servidor em uma primeira proposta e R$150,00(cento e cinqüenta reais), ambas as propostas foram recusadas por unanimidade pelos presentes. Ato contínuo, foi apresentada a seguinte proposta dos servidores ao TJ/AC: O pagamento do auxílio alimentação de R$600,00(seiscentos) reais, sendo metade em março/2014 e o restante em 03(três) parcelas de R$100,00(cem) reais, nos meses de janeiro, março e setembro de 2015. A categoria decidiu por unanimidade entre os presentes. Nada mais havendo constar na referida ata, determino o seu encerramento que lida e achada conclusa vai conforme assinada pelos presentes, Eu,____________, Queffren-Licurgo de Carvalho Rêgo, Diretor Administrativo, digitei e subscrevo.

 

Leuson Rangel de Souza Araújo

Presidente

Comentários

SonhadorAuxilio alimentação do Servidor do Judiciário R$ 600,00.....Sonhar mais um sonho....
Raimundo Nonato Menezes de AbreuVocê é tamanho dos seus sonhos, já dizia César Souza.
Raimunda Nonata Souza LucenaÉ só fazer uma simples pesquisa no Google sobre valores de auxílios (alimentação, creche, transporte, educação) que os outros tribunais pagam aos seus servidores, que dá um certo desânimo por sermos tão ridicularmente desvalorizados. Não temos auxílio algum!! É como pagar para trabalhar. Só para ter uma pequena idéia, o TJ de Rondônia, paga R$ 700,00 (auxílio alimentação), R$ 250,00 (auxílio saúde), 10% do padrão inicial do Técnico para quem tem filhos abaixo de 7 anos, 10% do padrão inicial de Técnico, para quem tem filhos acima de 7 anos, cursando o ensino fundamental, e o auxílio transporte. Esta Resolução nº 21, foi publicado no DJ de Rondônia em 30/06/2010.
antonionão queriam dá nem 300, imaginem 600!!
RosinhaNesse caso a última proposta ainda vai ser apreciada pelo TJ? Quando teremos a decisão? Quero desde já agradecer aos colegas presentes pelo posicionamento e a diretoria do SINSPJAC pelo empenho. Abçs.
FredericoFaz logo greve!!! e acaba com essa pecuinha
DESMOTIVADANão acredito em mais nada para beneficiar servidor. Só temos deveres, deveres e deveres a cumprir.
RosinhaÉ mesmo amiga "Desmotivada", desmotiva mesmo toda a classe de servidores. Mas a exemplos dos outros tribunais, os servidores do TJAC, são muito passivos, aceitam o que é imposto com muita facilidade, se radicalizassem, fizessem como os de Alagoas, com certeza estaria na mídia essa proposta desproporcional e injusta, assim teria uma repercussão "grande". Abçs.
efraim januárioSonhar não custa nada, quem espera sempre alcança... então vou esperar sem me cansar... só lamento aos apressados....no stress.

Enviar comentário

Nome

E-mail

Comentário

Código de segurança

•  Leia outras notícias
Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Acre
Rodovia AC-10, KM 01 - Bairro Alto Alegre - Rio Branco / AC
Fone / FAX: (68) 3224-8842  /  sinspjac2@gmail.com